Postado por: Rubens Ennes quarta-feira, dezembro 7





  • Pedras Vivas eram aquelas pedras que permitiam ser talhadas, tomando assim, a forma que o construtor determinasse. À medida que perdiam pedaços, eram aperfeiçoadas. Ficavam menores, mas, também melhores porque se tornavam útil àquela construção. A Obra do Espírito Santo na vida de cada cristão sincero acontece desta maneira, precisamos diminuir a cada dia para que Ele possa crescer em nós.

  • Cada Pedra Viva deveria se encaixar na posição para qual foi projetada e deveria ter estrutura para suportar a carga das outras pedras vivas. O servo de Deus precisa entender que sua vocação exige que esteja fortalecido espiritualmente a fim de estar pronto para ajudar seus irmãos de fé quando precisarem.


  • As Pedras Mortas eram as que não suportavam o impacto da primeira batida da talhadeira e se despedaçavam. Por esta razão, acabavam sendo deixadas de lado pelo construtor. É provável que apenas na hora de tirar pedaços é que se conseguia identificar a que grupo pertencia cada pedra. Muitos são chamados, mas apenas os que permitem serem lapidados por Deus e estão dispostos a perderem os pedaços de si que não servem para Deus é que se tornam Seus escolhidos.


  • Não havia como a Obra estar concluída sem a presença da Pedra Angular. Ela era cravada no topo do arco, levava sobre si toda pressão exercida pelas outras pedras e consequentemente, sustentava toda a Obra. O Senhor Jesus é nossa Pedra Angular, que foi cravado naquele madeiro no topo do Gólgota, levando sobre si toda nossa culpa e condenação; e somente Ele, através do Espírito Santo, é que pode nos sustentar em todos os momentos críticos de nossa vida.


"Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências, desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação, se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso. Chegando-vos para ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo. Pois isso está na Escritura: Eis que ponho em Sião uma pedra angular, eleita e preciosa; e quem nela crer não será, de modo algum, envergonhado. Para vós outros, portanto, os que credes, é a preciosidade; mas, para os descrentes, A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular e: Pedra de tropeço e rocha de ofensa. São estes os que tropeçam na palavra, sendo desobedientes, para o que também foram postos. Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; vós, sim, que, antes, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus, que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia." (1 Pe 2.1-10)










Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu