Postado por: Rubens Ennes quinta-feira, fevereiro 4



Considero que podem existir pelo menos três tipos de “servos” em meio ao batalhão de pessoas que afirmam estar servindo a Deus. Existem aqueles que chamo de servos da igreja, porque apesar de atenderem as expectativas da instituição, tem o seu relacionamento com Deus resumido ao que fazem dentro da igreja física, enquanto, deixam a desejar fora dela em suas responsabilidades de pai, mãe, marido, esposa, filho, aluno, empregado ou patrão.

A segunda “espécie” de servo, defino como servos do pastor, são os que se dispõem a servir com todas as forças apenas o que está sob a vista do pastor, enquanto aquilo que somente Deus está vendo não é considerado porque a princípio, não será reconhecido ou elogiado. 

Mas, como estamos falando de Obra de Deus, onde não deveria, mas, existe vaidade, egoísmo e hipocrisia, pois, estamos falando de seres humanos, e onde existe gente, existe tudo isto e mais um pouco;  também existem os legítimos servos de Deus, um precioso grupo que precisamos nos esforçar para estar e permanecer. A boa notícia é que não são poucos os que fazem parte deste grupo, embora, satanás dissemine e na ignorância, muitos tem comprado a ideia de que ninguém mais presta.

A respeito dos servos de Deus, o Senhor Jesus afirmou que sempre estariam onde Ele estivesse. “Onde Eu estou, ali estará o Meu servo” (João 12.26) Mas, aí fica a pergunta: onde é que o Senhor Jesus está? Estaria Ele confinado nas quatro paredes da igreja física? Claro que não! O próprio Deus faz questão de nos responder: “Porque assim diz o Alto, o Sublime, que habita a eternidade, o qual tem o nome de Santo: Habito no alto e santo lugar, mas habito também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e vivificar o coração dos contritos” (Isaías 57.15) Sim, ele está lá fora, muito além da cômoda rotina religiosa.

Em Seu ministério terreno, o Senhor Jesus andava de aldeia em aldeia levando oportunidade de Salvação a todos, não ficava confinado em um templo, todos tinham acesso a Ele, pobres e ricos. Em muitos momentos, era até reprovado por religiosos que condenavam Sua proximidade dos pecadores, só que Ele não estava junto do corrupto, do ladrão ou da prostituta para fazer o que faziam, e tampouco para condená-los, mas, para dar a vida que os “sãos”, iludidos com a passageira sensação de bem estar, rejeitariam. Era para aquela gente que o Senhor tinha vindo a este mundo, essa era (e ainda é) a vontade do Pai, salvar os que se veem perdidos sem o Senhor Jesus (Mt 9.13).

Quando o servo de Deus é sábio, ele adota uma postura vigilante ao ponto de se cobrar diariamente sobre a sua necessidade de ter sido útil para Deus naquele dia, porque sabe que estar na frente de batalha o ajuda a se manter de pé, porque estar junto das almas contritas e abatidas para levar Vida, é estar junto do próprio Senhor Jesus, por isso, ficamos maravilhados quando percebemos que estamos sendo usados por Ele e voltamos com nosso ânimo renovado quando levamos as boas novas do Reino a alguém.

Ter o privilégio de ser instrumento nas mãos de Deus para a transformação de uma vida não é pouca coisa, mas quando não nos colocamos a disposição do Seu Santo Espírito, perdemos a noção da importância do nosso chamado e começamos a enxergar os nossos problemas muito maiores do que realmente são. Um declínio espiritual que se inicia quando deixamos de pensar como Deus, para considerarmos apenas o nosso lado.

Nesse mundo, existe uma multidão que está como a boa terra, pronta para receber a semente do Evangelho, são pessoas que chegaram ao fundo de poço, estão quebrantadas e pedindo um sinal do céu, pedindo uma prova do Amor de Deus lhe mostrando uma última porta ou então, vão dar cabo da sua existência sofrida. Mas, enquanto isto, muitos servos estão ocupados com picuinhas dentro das igrejas. Sabe de uma coisa, é injusto ver uma pessoa morrendo de sede e negar um copo de água, é diabólico termos, mas negarmos o remédio que o doente precisa.










Comentários
2 Comentários

{ 2 comentários ... read them below or Comment }

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu