Postado por: Rubens Ennes segunda-feira, maio 4



Culpar o trânsito e inventar doenças para justificar atrasos ou faltas no trabalho é uma atitude bastante perigosa. Não pense que o chefe vai acreditar sempre nas suas mentirinhas. Ele vai desconfiar, embora muitas vezes não questione o verdadeiro motivo dos atrasos. Vai correr o risco?

Não esqueça que há colegas que percebem e correm pra contar, como forma de ganhar pontos com ele. Pior ainda é entregar atestado médico falso. Conheço alguns casos de profissionais que foram demitidos por dizer que estavam doentes e depois o chefe descobrir fotos de viagens postadas no Facebook ou comentários do funcionário nas redes sociais de que estava passeando. Cuidado também ao inventar sintomas de doença ou indisposição para ficar em casa ou porque tem outra entrevista de emprego.

Ainda que a mentira não traga prejuízos imediatos, a imagem do empregado pode ser queimada no mercado. As empresas conversam entre si e um erro pontual pode ser argumento utilizado contra a contratação do profissional no futuro. Por isso, fique esperto. Nada de desculpas esfarrapadas, sobretudo quando você vive momento crítico na empresa.

Preste atenção:1. Não invente desculpas para suas faltas, seja honesto.
2. Cuidado com atestados falsos.
3. O chefe não é bobo e percebe ausências e/ou atrasos com desculpas esfarrapadas.

Julio Sergio Cardozo
Palestrante, Consultor de carreiras e Conselheiro de empresas









Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu