Postado por: Rubens Ennes segunda-feira, março 2


Sansão tinha potencial para entrar nos livros de história como o mais poderoso e glorioso juiz de Israel. Seu nome poderia estar à altura de Davi e Samuel, dois grandes exemplos de homens de Deus. Porém, ele não dominou as suas próprias paixões, sua própria luxúria.

E por isto, lá estava ele, cego, amarrado e girando um moinho de um lado para outro, e com muito tempo para pensar. Imagino que Sansão refletia muito enquanto empurrava aquele moinho. Deveria pensar: “que tolo fui, se eu apenas... Se eu apenas...”, eu creio que as lembranças do passado o torturavam. Aquele que tinha sido tão poderoso, agora estava amarrado com cadeias de bronze e com uma espécie de guia, porque ele não sabia onde se dirigia. Ele foi levado ao fundo do poço, e muitas vezes, Deus leva as pessoas ao fundo do poço para que elas olhem para cima.
  
No entanto, o cabelo dele começou a crescer novamente, e eu acredito que quando começou a crescer o seu cabelo, ele sentiu no seu coração: “Deus eu vou recuperar minha força de novo, vou renovar o meu voto e ser como antes.” Devia pensar: “meu Deus o que o Senhor pode fazer comigo agora? Senhor, o que eu tenho eu lhe ofereço, o que sobrou de mim eu te darei por completo. 
                                             

Continua...

Pr. José Ferro








Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu