Postado por: Rubens Ennes terça-feira, outubro 21



Um sábio viu um homem sentado na beira de uma estrada, com ar de completa desolação e perguntou:
- O que o preocupa? – quis saber.

- Amigo, não existe nada interessante na minha vida. Eu tenho dinheiro suficiente para não precisar trabalhar, e estava viajando para ver se havia alguma coisa curiosa no mundo. Entretanto, todas as pessoas que encontrei nada têm de novo para me dizer, e só conseguem aumentar meu tédio.

Na mesma hora, o sábio agarrou a mala do homem, e saiu correndo pela estrada. Como conhecia a região, rapidamente conseguiu distanciar-se dele, pegando atalhos pelos campos e colinas.

Quando se distanciou bastante, colocou de novo a mala no meio da estrada por onde o viajante iria passar, e escondeu-se por detrás de uma rocha. Meia hora depois o homem apareceu, sentindo-se mais miserável que nunca, por causa do ladrão que encontrara.

Assim que viu a mala, correu até ela e abriu-a, ofegante. Ao ver que seu conteúdo estava intacto, olhou para o céu cheio de alegria, e agradeceu ao Senhor pela vida.



Agora, atente para o seguinte versículo:
"...tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de deitar fora;" (Eclesiastes 3.6)  
Veja que às vezes, é necessario vivermos o tempo de perder para que possamos ser quebrantados e assim, estarmos prontos para enxergar o tamanho da nossa ingratidão em relação as dádivas que recebemos do Altíssimo.



Leia também:
Você está pronto para perder?








Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu