Postado por: Maysa Machado segunda-feira, agosto 11


Acredite! Ainda há no meio evangélico (como costumam chamar) a mentalidade de que um pastor não deve se envolver na política. “Pastor é pastor. Político é político”. Porque na mente de muitos só há a circulação de sua crença dentro da igreja. Porta à fora já começam a desvincular a santidade do “Ide” e não é à toa que preferem ficar na frente da TV, a evangelizar o aflito, lutando com unhas e dentes pra defender a sua fé em meio à perseguições.

E é exatamente diante dessa TV que assistem os maiores casos de corrupção na política e quando pensam em um pastor se candidatando a um cargo político, descem o discurso medroso, distorcido e acomodado sobre a “mesa dos escarnecedores”, e temem que o pastor se corrompa lá dentro; ou que já esteja corrompido antes mesmo de entrar.

A corrupção não está na política. Ela esta presente no coração de alguns homens que não tem vínculo com Deus, independente da posição que ocupem na sociedade; e que em contato com oportunidades de mostrar sua corrupção interior, não perdem tempo.

Diante de tantos casos escandalosos muitos não sabem separar. Acham que política não é de Deus. E essa mentalidade tem deixado muitos encoleirados no seu mundinho onde o ministério se limita à quatro paredes,  sem dar apoio à um representante que lhes defendam as causas humanas, abençoe de forma geral seu Estado e lute contra leis que ridicularizam a família, a juventude e entram em choque com a fé cristã.
Na bíblia, em Gênesis, temos o exemplo de Melquisedeque, que era rei – um político, com o valor de um presidente, se for comparar com nossa forma de governo. E também era Sacerdote de Deus – Como um pastor, escolhido por Deus pra ministrar e abençoar.

“E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e era este sacerdote do Deus Altíssimo. E abençoou-o, e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra." (Gênesis 14:18-19)



Então não devemos ver a política como algo do diabo. Uma pessoa pode ser corrupta fora da política. Aliás, é bem comum ver eleitores reclamando de governantes, mas se submetem a trocar seu voto por um benefício pessoal, jurando de dedinho que esse segredo será guardado.

Gostando você ou não, a política continuará a ser feita. Vai chegar janeiro e centenas de deputados irão tomar posse. Não é melhor que entre estas pessoas exista alguém temente a Deus?

Quem é de Deus leva luz onde há trevas, e luta em meio às serpentes sem precisar tomar delas o veneno.
Fé cristã e política deveriam estar mais interligadas e ativas do que costumam estar e muitos não percebem essa importância.
Não podemos nos acostumar a chorar pelo leite derramado. A nossa luta tem que ser agora. Homens de Deus na política - Eu apoio e luto por eles.

Maysa Machado








Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu