Postado por: Rubens Ennes segunda-feira, maio 12




O dicionário define compromisso como uma obrigação; como promessa, palavra ou acordo que tem que ser cumprido. A exemplo de um compromisso de casamento ou mesmo daqueles contraídos com uma empresa.

Quando nos convertemos ao Evangelho, fazemos de Jesus não apenas o nosso Salvador, mas também o nosso Senhor. Isto significa que já não vivemos para nós mesmos, mas para Aquele que nos chamou. Ao ter pago um preço por nós, Ele nos comprou, e pertencemos a Ele, e devemos estar comprometidos com Ele.

A vida cotidiana se desenvolve através de compromissos, para chegar ao casamento deve- se estabelecer um compromisso de um namoro formal e consciente, em uma empresa onde quer trabalhar, você deve ter um compromisso de trabalho, podemos dizer que em todas as áreas de nossa vida, temos que assumir compromissos para poder sobreviver. Uma coisa curiosa é ver como é fácil termos compromissos com diferentes atividades e pessoas na nossa vida, mas que dificilmente estamos comprometidos com Deus e a Sua obra.

Atualmente, se usa muito a expressão “sem compromisso”, “você pode ver este produto sem compromisso”, “pode visitar-nos sem compromisso”, “estamos juntos sem compromisso”, enfim, usamos estas palavras para mostrar que não somos obrigados a algo, mas muitos de nós ignoramos os benefícios de se ter um compromisso sério, por exemplo, em um relacionamento com compromisso, tanto os filhos como o casal são beneficiados.

Parece que este mesmo pensamento, infelizmente, entrou na Igreja, já que existem muitas pessoas sem compromisso, membros, pastores, jovens, evangelista, etc. Vamos a Igreja quando queremos, atendemos ao povo, quando queremos, lemos a Bíblia quando queremos, oramos quando queremos, e sem falar que amamos a Deus quando queremos. Nossa própria vida reflete essa falta de compromisso que temos como Deus. Não temos tido um compromisso real com Deus, não temos mantido muitas vezes as promessas que fazemos, e se a mantemos, dura poucos dias até que esquecemos.

É incrível como mantemos o compromisso com o nosso trabalho e até mesmo com os nossos amigos e familiares, mas é terrível ver como não mantemos nosso compromisso com Deus. Para muitas pessoas o trabalho ou a família ocupa o primeiro lugar na sua vida, quando esse lugar deveria ser de Deus, por que é Ele que nos dá essas coisas. É curioso ver como as pessoas não se importam em chegar tarde na Igreja, mas quando vão ao cinema ou teatro sempre chegam cedo. É curioso ver como gastamos o nosso dinheiro com coisas sem necessidade, mas não podemos gastar com coisas que valem a pena, ou que sejam de benefício para o nosso próximo. É necessário comprometer-nos com Deus e fazer um pacto e mais, sempre temos que cumprir o que prometemos.

Devemos ter uma fé bem definida, o Senhor Jesus ensina que não podemos servir a dois senhores ao mesmo tempo, temos que amar a um e deixar o outro, temos que decidir quem vamos amar e quem vamos deixar. A Bíblia está cheia de exemplos de pessoas que queriam servir a Deus sem ter um compromisso, sem renunciar o mundo. Temos o exemplo de Caim, Sansão, Saul e Judas. Nenhum deles teve sucesso porque não tinham um compromisso real com Deus. Se queremos servir a Deus com excelência, temos que estar comprometidos com Ele e ser fiel todos os dias e em todas as áreas de nossa vida. Não podemos “andar em retidão” se enquanto andamos estamos sempre olhando para trás como a mulher de Ló. Os nossos olhos devem estar atentos nas coisas do alto, e não nas coisas que estão ligadas a este mundo.

Estamos vivendo tempos críticos nos quais estão se levantando pessoas que pregam um Evangelho fácil que não exige sacrifício nem esforço, um Evangelho fácil de seguir. São pessoas que não estão interessadas na formação do caráter dos servos de Deus, mas sim em ter um grande número de membros em suas reuniões. O Senhor Jesus se preocupou mais na formação do que na quantidade, esta, veio depois quando os discípulos bem formados fizeram crescer a Igreja.

Agora temos que decidir que tipo de servos vamos ser: seguidores sem compromisso ou discípulos verdadeiramente comprometidos com o Reino de Deus. Se não estamos comprometidos com Deus não vamos durar muito tempo, qualquer situação negativa será motivo para parar e abandonar tudo. Porém, se temos um compromisso com Deus e o honramos em tudo, seremos fortes e poderemos contribuir para que outras pessoas conheçam ao Senhor Jesus.

O compromisso será sempre o passo que você vai dar para voltar e ter mais confiança em Deus. 

Pr. José Ferro







Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu