Postado por: Rubens Ennes quinta-feira, fevereiro 20




Certo dia, num mosteiro, com a morte do guardião, foi preciso encontrar um substituto. Convocou-se, então, uma reunião de todos os discípulos para descobrir quem seria o novo sentinela.

O mestre, com muita tranquilidade, falou:
- Assumirá o posto aquele que primeiro conseguir resolver o problema que eu vou apresentar.

Então ele colocou uma mesinha no centro da enorme sala e, em cima dela, um valioso vaso de porcelana.
- Eis aí o problema - disse ele!

Todos ficaram olhando o vaso belíssimo, tentando adivinhar qual era o problema com aquele vaso.

Nesse instante, um dos discípulos pegou um porrete e, para espanto dos demais, destruiu tudo, o vaso e a mesinha de centro. Depois voltou para seu lugar. Imediatamente o mestre disse:

- Senhores, já temos um novo guardião.
- Por que ele foi escolhido, mestre? - indagaram os demais.
- Porque ele eliminou o problema. Não importa o quão caro, bonito ou inocente ele aparente ser, se é um problema, precisa ser eliminado.



Para mais histórias de sabedoria, clique AQUI.




Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu