Postado por: Beatriz Lima quinta-feira, novembro 28




Neste último sábado 23, milhares de mulheres se reuniram numa tarde mais que especial em todo Brasil para o evento realizado pelo Projeto Raabe – Rompendo o Silêncio, com o objetivo de orientar e combater a violência contra a mulher. 

Em Porto Alegre, o evento foi marcado por vários momentos, cheios de surpresas e bem animado, um dos temas abordados foi “A culpa”. De uma forma bem clara e objetiva foi explicado como a culpa pode permanecer na vida de uma mulher durante anos e causar sérios problemas. A culpa é um fardo que a pessoa carrega e muita das vezes nem percebe, é o sentimento de culpa por um abuso que sofreu, é a culpa que a mãe sente pelos filhos estar nas drogas, a culpa que a esposa sente por ser agredida pelo marido, às vezes são coisas mínimas que a pessoa guarda e para se defender de tudo e de todos parte para a agressão ou para o isolamento que só pioram a situação gerando feridas abertas que para ela é impossível de fechar. 

Outra reação de uma pessoa refém do sentimento de culpa é querer sempre agradar os outros, tem dificuldade de falar não, pois tem medo de ser agredida ou não ser aceita, dessa forma se anula para ter a aprovação dos outros e age assim porque pensa ser o único caminho. Só quando há uma libertação completa desse sentimento de culpa é que a mulher estará livre para ter uma vida plena. Foi o que aconteceu com uma jovem que estava presente e contou seu testemunho, pois aos 9 anos de idade ela sofreu um abuso sexual que marcou sua vida por anos, ela não contou para ninguém e carregou o sentimento de culpa durante muito tempo, e mais tarde partiu para o mundo da prostituição, tentava sair e não conseguia, mas quando ela rompeu o silêncio e buscou uma mudança através da fé conseguiu se libertar de todo peso da culpa, da mágoa e recebeu uma nova vida podendo hoje ajudar a muitas que estão passando pala mesma situação.




Foi uma tarde muito especial, outro momento importante foi o teatro apresentado pelo FJU, baseado no filme “Preciosa” e as músicas cantadas pela cantora Ísis Regina e também pelas voluntárias do grupo. Quem estava lá pôde sair diferente, com outra visão e pronta para romper o silêncio. Se quiser saber mais sobre o Projeto Raabe acesse: www.projetoraabe.com

Se você compareceu neste encontro e quer compartilhar sua experiência, ou o que mais chamou sua atenção, então deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.

Na fé,


Beatriz Lima







Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu