Postado por: Rubens Ennes terça-feira, outubro 16




"...para que Satanás não alcance vantagem sobre nós,
pois não lhe ignoramos os desígnios
."
(2 Co 2.11)


Ninguém entra em uma guerra pensando em perder, todos os cuidados precisam ser tomados para que o fracasso não aconteça.

Ou qual é o rei que, indo para combater outro rei, não se assenta primeiro para calcular se com dez mil homens poderá enfrentar o que vem contra ele com vinte mil?” (Lucas 14.31).

Para não ser pego de surpresa e alcançar o objetivo que é vencer a guerra, uma das táticas mais importantes é ter o máximo de informações do inimigo e de suas armas. Por isto, era bastante comum o envio de espias à terra a ser conquistada.

O diabo costuma usar pelo menos duas estratégias diferentes na tentativa de nos derrubar. Obviamente, se a primeira investida não der certo, logo apela para o seu plano B que, diga-se de passagem, costuma ser bastante eficaz.


Plano Nº1: O Abafa!
Como um marinheiro de primeira viagem, o novo cristão pode até estranhar ou se preocupar com aquilo que é na realidade, uma das coisas mais comuns de acontecer. Logo que a pessoa se converte, ela passa a ser alvo de zombarias dos "amigos", injustiças e até humilhações no local de trabalho e principalmente, críticas e perseguições por parte dos próprios familiares.

Já ouvi pessoas dizerem assim: "Não entendo isso! Agora que eu estou fazendo o que é certo e fazendo de tudo para agradar a Deus, simplesmente NADA está dando certo para mim!".


O mesmo inferno que trabalhou com afinco para que a pessoa jamais pudesse conhecer a Verdade, falhou uma vez em sua missão demoníaca e não vai querer falhar de novo! Agora, vai usar todas as suas forças na tentativa de enfraquecer, desanimar e por fim, derrubar aqueles que apesar  de estarem  a recém "engatinhando" na fé, já representam uma ameaça real aos seus planos malignos. 

Só que nem sempre as coisas saem conforme satanás planejou, às vezes o "tiro sai pela culatra". Isto só acontece quando a pessoa adquire um pouco de maturidade espiritual e consegue entender que tudo aquilo não pode ser outra coisa senão o próprio diabo se levantando. É quando o cristão decide que a partir de então, diante de toda dificuldade que surgir, irá buscar a Deus ainda mais, orar mais e fazer ainda mais do que tem feito.

Quando agimos assim, a dificuldade já não é um obstáculo e sim um incentivo a buscarmos cada vez mais o nosso Deus. Os problemas são uma forma de nunca esquecermos que dependemos totalmente do Espírito Santo.

Quando o diabo percebe que os seus ataques estão fortalecendo o cristão, pois o "empurram" para os braços do Senhor Jesus, ele decide que é hora de mudar de tática. É hora de executar o plano B.

Continua... 



No próximo artigo: “O Planos B

Pr.Rubens Ennes















Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu