Postado por: Rubens Ennes terça-feira, agosto 7






Nosso rosto reflete nossas intenções
Certa vez, um rei e um grupo de cavaleiros viajavam pelo reino, a cavalo, em busca de caça. Depois de algum tempo cavalgando, eles chegaram às margens de um rio que havia transbordado devido a uma forte tempestade. 

Uma velha ponte de madeira tombara com a violência das águas revoltas e fora arrastada rio abaixo. 

Com isso, cada cavaleiro se viu forçado a atravessar o rio a cavalo, lutando contra a forte correnteza. 
Com espírito de bravura, cada um sentia o perigo e a possibilidade real de morte durante a travessia.

Um viajante, que não fazia parte do grupo, ficou a observar a coragem daqueles cavaleiros. 

Depois de vários terem chegado à outra margem, o viajante perguntou ao rei se ele poderia transportá-lo para o outro lado do rio. O rei concordou sem hesitar. 
O homem subiu no cavalo do rei e logo depois ambos chegaram em segurança ao outro lado. 

Quando o viajante desceu da sela, um dos cavaleiros perguntou a ele:

-Diga-me, porque escolheu ao rei para pedir esse favor?

O homem ficou surpreso e admitiu não saber que fora o rei quem o ajudara.

-Tudo que sei -disse ele- é que no rosto de alguns de vocês estava escrita a palavra "não" e no de outros a palavra "sim". O rosto dele dizia "sim".




____________________________________



Uma das ferramentas mais eficazes para alcançar a tão sonhada maturidade é o auto-conhecimento, até porque, muitos problemas em nossa vida poderiam ter sido evitados, se na ocasião, tivéssemos um pouquinho mais de sabedoria e maturidade.


A leitura das próprias expressões pode nos ajudar a entender muita coisa e até transmitir os sinais corretos para quem a vê.


 Na página 236 do livro Casamento Blindado encontrei o seguinte:

"Se você diz: 'Ok, eu te perdoo', enquanto o seu rosto ( e aquela viradinha de olhos) diz: 'Só estou dizendo porque você pediu, mas no fundo eu sei que você nunca vai mudar' (sim, você pode dizer tudo isso só com o olhar), isso não vai fazer com que seu perdão pareça sincero."

"É muito comum, durante a conversa, o marido cruzar os braços e dizer: ' Tudo bem, pode falar'. Na verdade está dizendo: 'Eu preferia em qualquer outro lugar a ter esta conversa. Depois você não poderá me culpar por não ter ouvido'. Tudo isso pode ser falado sem que se abra a boca."


Tome cuidado com as informações que você envia sem o uso de palavras, pois o nosso rosto e expressão corporal são capazes de revelar  muito mais do que a gente imagina 


Pr. Rubens Ennes



.







Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu