Postado por: Rubens Ennes quinta-feira, junho 28


Em uma pequena cidade do interior do Rio Grande do Sul, havia uma simples chácara que possuía variados tipos de animais. Ali também, viviam ha muitos anos um simpático casal, seu Querino e dona Laura.


Todos os dias o casal se levantava bem cedinho e enquanto a dona Laura preparava o café,seu Querino preparava o trato para os animais. Como de costume, iam juntos ordenhar as vaquinhas, depois tratavam dos porcos, das galinhas; entregavam o leite na vizinhança e todos os dias era o mesmo trabalho.


Em um certo dia, após uma manhã de muito trabalho, quando seu Querino e dona Laura já se preparavam para almoçar, de repente eles ouviram um desesperado grunhido: “Uééeééérrr, uééééérr!!” eram gritos que se repetiam sem parar.


Mais que depressa a dona Laura falou: “Vai lá Querino, aquela porca desastrada deve ter sentado num dos porquinhos de novo!”.


O seu Querino saiu apressadamente com uma vassoura na mão, para tentar salvar o indefeso porquinho que estava sendo sufocado com peso de sua desastrada mãe. 


Seu Querino então começou a bater na porca, em uma tentativa inútil de fazê-la se levantar. Bateu, bateu, bateu, cada vez com mais força, mas de nada adiantava, a porca não saia do lugar e o pobre filhote continuava a gritar.


A dona Laura vendo toda aquela cena, se levantou, pegou um chuchu, foi correndo e falando: “Espera aí Querino, espera aí!” E logo que chegou, começou a chamar aquela grande porca para comer, ela mais do que depressa atendeu e se levantou rapidinho para se “deliciar” com aquele insosso chuchu.


E finalmente, o porquinho pôde respirar aliviado.



Reflita!
Muitas vezes, as melhores soluções estão diante de nossos olhos e podem ser muito mais simples do que imaginamos. Acontece que acabamos por complicar as coisas ao permitirmos que as dúvidas, o desespero, a preocupação ou a ansiedade nos desgaste,
ao ponto de tentarmos resolver o problema custe o que custar. E ao invés de obtermos a solução do problema, encontramos mais um problema, ao deixarmos que a pressão do momento bloqueie a nossa capacidade de raciocínio e nos deixe sem conseguir enxergar qualquer possibilidade de mudança.

O pior é que após inúmeras tentativas frustradas, costuma vir a desistência.


Quando a pessoa é sincera e rasga o seu coração buscando a Deus, o Espírito Santo coloca a disposição a Sua poderosa sabedoria e a pessoa encontra enfim, a solução tão almejada.

A voz de Deus tem que fazer parte do nosso ser, a qual colocada em prática,
transforma a vida do ouvinte. Quando se ouve e pratica a palavra de Deus, é impossível dar errado.

Pr. Rubens Ennes














Comentários
2 Comentários

{ 2 comentários ... read them below or Comment }

  1. ja ouvi essa história em algum lugar!é a mais pura verdade,quando estamos limpos de coração podemos ouvir a vóz da sabedoria :o espírito santo e podemos então encontrar a resposta que tanto almezamos........

    ResponderExcluir
  2. Isto mesmo,a Voz da sabedoria é próprio Espirito Santo.

    ResponderExcluir

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu