Postado por: Rubens Ennes segunda-feira, maio 14



Você sabe o quanto é importante ter um bom relacionamento com o chefe, mas não sabe quando se defender dos erros ou ficar calado, se deve ser amigo ou não do chefe, se pode discordar dele ou sempre baixar a cabeça. Para ajudá-lo a evitar conflitos e se dar melhor com o chefe, vou elencar abaixo algumas situações que acontecem no dia a dia e dar dicas de como não entrar numa fria. Confira.

1. Quando discordar do chefe
Todo bom chefe quer um funcionário que dê ideias e seja proativo. Fale o que pensa, mas tenha cautela na hora de fazer comentários. Nunca o exponha na frente dos outros, mas use sempre bons argumentos e deixe sua opinião sobre o ponto de vista em questão.

2. Ficar calado ou se defender dos seus erros?
Quem cala consente. Então, reconheça o seu erro e procure explicar o que aconteceu. Só evite ficar se explicando o tempo todo. Defenda-se com justificativas condizentes e, se possível, já leve ao chefe uma solução para o problema causado.

3. Vale a pena engolir sapo?
Há muitas situações em que é necessário engolir sapos. Brigar com o chefe só por que ele fica te enchendo de trabalho o tempo todo não é o melhor caminho. O momento certo de questionar é quando você sente que está no seu limite. Mesmo assim, nunca chegue colocando o chefe na parede

4. Ser amigo do chefe
Ninguém precisa ser amigo do chefe, nem muito menos ser puxa-saco. Todo bom chefe rejeita posturas como essa. O ideal é mostrar resultados e manter um bom relacionamento com ele. Achar que ser amigo vai segurá-lo no emprego é um grande engano. Se você não for competente, ele não vai se queimar com os superiores pra defendê-lo.

5. Fazer só o que o chefe quer
Às vezes, é preciso fazer o que chefe pede sem questionar. Mas em muitas situações é saudável você dar sua opinião e sugestões. Mas se depois que você argumentar, a decisão que prevalecer for a dele, não insista. A menos que ele queira que você haja contra os seus princípios. Se ele te pedir pra se jogar da janela, você não vai segui-lo, não é mesmo?  

6. Mudar seu jeito de ser
Você deve sempre ser você mesmo, dentro e fora do trabalho. Claro que você não vai sair falando o que bem entende só porque você é sincero demais. O mesmo se aplica se você não é acostumado a levar desaforo pra casa. Se os colegas dão “patada”, nada de sair agredindo. Dê um jeito de mostrar que não gostou desse tipo de atitude. Agora, se você é tímido e calado, e ficam fazendo brincadeiras por você ser assim, não vá mudar o seu jeito. Cada um precisa respeitar o jeito do outro.

Julio Sergio Cardozo 
Palestrante, Consultor de Carreiras e Conselheiro de empresas








Deixe o seu comentário:

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Avise-me sobre novas publicações | Avise-me sobre comentários seguintes por email

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu