Postado por: Rubens Lucas sábado, agosto 13



Alegram-me muito a coragem, o vigor e a disposição dos jovens que empreendem até as mais duras jornadas em busca de seus objetivos.
Receio porém, por aqueles que na cegueira causada pelo ímpeto da juventude menosprezam a experiência dos mais velhos e principalmente os ensinamentos da bíblia.

Havia nas montanhas geladas do Nepal, uma família de camponeses que foi vitimada por uma avalanche de neve e veio a perder tudo o que possuía.
Infelizmente, no trágico acidente morreram mãe e filha soterradas .
Desconsolados, o pai, uma senhor de avançada idade e o filho, um jovem vigoroso e esbelto. Nada mais tinham a fazer naquele lugar, senão abandoná-lo e partir para uma nova etapa de vida. Sem dúvida mais triste, mas que de qualquer forma precisava ser vivida.

E assim juntando alguns mantimentos que puderam recolher, partiram para a dura jornada sob o rigor da neve. O pai porém, do alto da sabedoria que os anos de vida lhe confiriam cuidava de procurar um cobertor para a viajem. 
O jovem filho por sua vez, que mais parecia neto do próprio pai, agitava-se impacientemente de um lado para o outro apressando o pai para o inicio da viajem.

Depois de um dia de caminhada na neve, o velho pai já cansado deixava cada vez mais impaciente o filho que queria andar em um ritmo mais intenso que o velho poderia suportar. Eram muitas as reclamações que o jovem fazia ao longo do percurso, queria se ver livre o mais rápido possível daquele pesadelo que estava sendo aquela sofrível caminhada.

Até que em certo momento tomou sua decisão.
“- Pai, não suporto mais essa vagarosidade. Resolvi ti abandonar, daqui em diante é cada um por si. Dividiremos os mantimentos e aqui nos separaremos.”

“- Pois bem, seja como você quiser .” Respondeu o pai.
E pegando uma faca começou a rasgar em duas metades o cobertor que trazia em volta do corpo.

“- Pai, até aqui eu vim sem cobertor algum, não precisarei desta metade que queres repartir comigo. Meu corpo é forte e rapidamente estarei livre deste pesadelo.” Exclamou o rapaz.

“- Eu sei disso, ainda sim ti darei a tua metade e deves guardá-la para que quando fores velho, se teu filho vier a ti abandonar tenhas com que proteger o teu corpo. Já que não será tão forte como é hoje.” Respondeu o pai.

Essa história, infelizmente é a realidade da vida de muitos pais, os quais criaram seu filhos com amor e hoje tem como recompensa a ingratidão e o abandono.
Esquecem esse jovens filhos, que um dia serão velhos e também terão dias difíceis. Sábio e bem aventurado é o filho que dá aos seus pais o tratamento orientado pela palavra de Deus.

“honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra.”  (Ef 6.1-2)



__________________________________________________

Ps. Atenção! Desde o dia 24/04/2012, por motivos das novas politicas dos sites de compartilhamento online, você só poderá ouvir ou fazer o download desta mensagem se estiver "logado" no 4Shared.
Caso ainda não possua uma conta no 4Shared, será necessário criá-la. Lembrando que cadastro é gratuito.
Muito obrigado pela compreensão.


Comentários
2 Comentários

{ 2 comentários ... read them below or Comment }

  1. muito bacana todos os estudos mais como faço pra baixar

    ResponderExcluir
  2. O audio deste post você pode baixar nesse link:

    http://www.4shared.com/get/vt2bdhJO/Uma_Lio_de_Pai_para_Filho_Qual.html


    Só copiar e colar no navegador
    Deus abençoe

    ResponderExcluir

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu