Postado por: Rubens Lucas sábado, fevereiro 26


Qual é o maior desafio que você já enfrentou em sua vida até aqui?

Tenho certeza que todos nós já superamos muitos obstáculos para que 
fossemos capazes de conquistar a nossa terra prometida. 
Muitos de nós caminhamos pelo deserto, demos inúmeras voltas 
pra só depois de algum tempo 
entender que nossa ingratidão, apego ao passado, 
falta de fé e excesso de insatisfação é o que nos impulsiona ao fracasso.

O fracasso na visão de hoje pode significar apenas que sua vitória 
foi adiada para amanhã.
A vitória pode ser adiada pra depois de amanha 
se a nossa afobação falar mais alto!

Que seres humanos egoístas somos, 
recusamos a desenvolver nossa paciência
por acreditar que cada momento que não estamos sentindo 
prazer estamos perdendo tempo. 
Como aprender se não passarmos por dificuldades? 
Como vencer sem lutar?

E será que o nosso prazer é realmente um sinal de felicidade? 
Podemos utilizar uma sensação que dura momentos como termômetro?

Dizemos que é necessário correr atrás de nossos objetivos
e que tempo é um bem precioso que acaba rápido.
A mensagem é essa, mas torcemos essa verdade e queremos correr 
para os nossos objetivos tantas vezes negligenciado aquele tempo...

... o hoje!

Ninguém disse que é errado sonhar alto e trabalhar em prol 
de uma realidade futura de bênçãos. 
Mas porque será que o ser humano faz de tudo para tirar o “agora” do assunto?

Não podemos ser felizes no agora? 
Não podemos valorizar os outros no agora? 
Não podemos fazer a nossa felicidade e a de quem nos rodeia no agora?

Esse desejo de conquistar e deixar o agora pra depois 
é uma forma de estar longe de si mesmo.
É trabalhar a máscara que criamos de seres humanos ideais. 
Queremos ser pessoas aceitas pela sociedade, 
queremos esnobar nossas conquistas. 
Vivemos para mostrar o que não somos! 
Não suportamos a nossa própria presença 
porque descobrimos que vivemos arquitetando uma personalidade ideal 
e não honesta.

Como ser feliz se não sabemos quem somos e nos privamos 
da possibilidade da descoberta?

Somos vaidosos demais, talvez o começo da cura seja canalizar 
toda a força de nossa alma e retirar os esmaltes, batons, perfumes 
e maquiagens de nossa alma.

Não deixe para amanha o que você pode fazer hoje. 
Hoje você precisa fazer a sua felicidade, 
os seus objetivos lindos e perfumados deixe pra depois.

Fiquem com Deus.

Calebe Ribeiro.


Fonte: Blog Sábias Palavras | *título original do post: "Você escolhe o agora ou o depois?"






Comentários
3 Comentários

{ 3 comentários ... read them below or Comment }

  1. Boa tarde,Pastor,Rubens!
    Gostei mto do blog,bem edificante e ja estou lhe seguindo!
    Gostaria que pudesse visitar tbem!
    Deus lhe abencoe nos passos do Senhor Jesus"
    Vivendo pela fè!
    Dani
    http://sendoeueumesmo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. A paz Pr.Rubens!
    Gostei mto do blog,bem edificante e ja estou lhe seguindo!
    Gostaria que pudesse visitar tbem o meu blog,

    www.jesusdentrodobarco.blogspot.com

    Deus lhe abencoe fica na paz.

    ResponderExcluir

Para o Sentido Único, a sua opinião sobre o tema em questão é muito importante. Deixe seu comentário!

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu