Os Dez Mandamentos (Todos os Capítulos)



Já estamos postando os capítulos disponíveis da novela "Os Dez Mandamentos", porém, não aqui no blog. Você poderá assistí-los através de nossa página oficial no Facebook:

Lá, há uma postagem fixada no topo da pagina onde você encontra links para assistir "Os Dez Mandamentos. Estaremos atualizando sempre que possível está postagem fixa.













sexta-feira, março 27
Postado por: Rubens Ennes

Aprendendo com os que caem (2)


O acidente que NÃO foi um acidente
A maior parte dos acidentes de trânsito não deveriam nem ser chamados de acidente, pois, são provocados pela imprudência dos próprios motoristas. Uma coisa é o condutor de um veículo sofrer um mal súbito enquanto dirige e provocar um acidente, outra coisa, é saber o que deve e o que não se deve fazer no trânsito e ainda assim, escolher fazer tudo que não é recomendável a quem dirige só por achar as proibições chatas ou desnecessárias.

Talvez, durante algum tempo, eu faça aquilo que é proibido pelas leis de trânsito e jamais me envolva em um acidente ou mesmo, nunca seja flagrado e multado por minhas infrações, porém, se algum dia a tragédia me visitar, não poderei dizer que foi acidente o que a minha irresponsabilidade provocou.

O que não faltam são alertas com respeito a tudo que pode de alguma forma nos afastar de Deus. Por isto, entendo que nenhum caído de hoje, pode afirmar que a sua queda espiritual foi acidental. Não foi. Isto não é uma crítica acusatória, mas, um grande alerta a todo nós que consideramos estar espiritualmente de pé. 
Continua...

Pr. Rubens Ennes










quarta-feira, março 25
Postado por: Rubens Ennes

Aprendendo com os que caem (1)




Com o fim de não irmos pelo mesmo caminho, é importante que observemos com atenção em que circunstâncias se deu a queda espiritual do primeiro homem. Fazendo isto, teremos condições de identificar os sinais de quem está à deriva espiritual, pois, o que aconteceu no passado, tem se repetido ao longo dos milênios até os dias de hoje.

O fato do primeiro homem não entender que a maneira preferida do diabo trabalhar é sob disfarce, foi determinante para a sua queda acontecer. Sim, porque se reconheço como diabólica uma determinada situação em minha vida, não vou ficar indiferente, pelo contrário, imediatamente darei um jeito de cortar aquele mal pela raiz. Portanto, esqueça a imagem mitológica e aterrorizante de um monstro vermelho com chifres e tridente, Adão e sua mulher não faziam ideia de quem estava por trás daquele animal.

O sucesso dos planos do maligno depende do quanto ele consegue permanecer sem ser percebido em suas ações. Em todo o capítulo três de Gênesis, que narra com detalhes a queda do homem, em nenhum momento, encontramos as palavras “diabo” ou “satanás”, embora, ele estivesse presente ali o tempo todo, incorporado naquela serpente.

O objetivo de satanás não é acabar com o seu casamento, nem fazer você cair doente e tampouco, te fazer perder tudo financeiramente; o projeto do diabo é um só: separar o homem de Deus. Tanto é verdade, que se for preciso o maldito não tira nada, mas, até “patrocina” uma vida de fartas opções que induzem o ser humano a se corromper e se perder.

Na realidade, os problemas e demais situações criadas pelo mal, são apenas um meio eficaz utilizado pelo diabo para nos fazer perder o foco do mais importante; porque toda vez que estamos ocupados ou envolvidos demais com uma situação, sem perceber, tiramos o foco da nossa comunhão com Deus. Muito já ouvimos a respeito da necessidade de vigilância, pois ela é essencial para a preservação de nossa salvação, mas, se vivemos preocupados, ansiosos ou distraídos com algo, como seremos capazes de perceber a ciladas do diabo em nosso caminho?
Continua...

Pr. Rubens Ennes









domingo, março 15
Postado por: Rubens Ennes

Sansão poderia ter feito mais | Parte 2


Clique AQUI para visualizar a primeira parte desta mensagem.


A triste história de Sansão se repete muito nos dias de hoje, vemos homens com grandes talentos, talentos que são desperdiçados. É o que tem acontecido, Deus dota as pessoas com talentos para serem usados na Sua Obra, porém, por causa da fraqueza da carne de muitos, essa habilidade está sendo enterrada. Muitos não conseguem fazer a vontade de Deus apesar de tanto potencial.  Essa tem sido a realidade de muitos servos de Deus.

A história de Sansão é trágica: ele tinha tanta força, mas se esqueceu do mais importante, o seu voto com Deus, por causa disso, toda sua força foi desperdiçada. Ele poderia ter feito muita coisa para Deus e pelo seu povo, poderia ter sido poderoso para o reino Deus, poderia ter influenciado muitas pessoas para a presença de Deus, porém a sua vida foi um desperdício, foi enganado pela fraqueza da sua carne.

A força de um servo de Deus é e sempre será o Espírito de Deus. Sansão foi chamado para ser um grande juiz, convocado para livrar o seu povo da opressão dos Filisteus, porém, nunca organizou a nenhum exército, nunca ganhou uma batalha séria, ele nunca reuniu o povo de Israel ao seu redor. Seu comportamento sexual e a sua conduta, levaram este homem que havia sido escolhido por Deus, à ruína.


O que mais me chama atenção é: “Porque ele não sabia ainda que já o Senhor se tinha retirado dele”. E infelizmente, quantos que fazem a obra de Deus se encontram na mesma situação. “Aquele, pois, que pensa estar em pé, veja que não caia”. 

Pr. José Ferro











terça-feira, março 10
Postado por: Rubens Ennes

Não seja um jumento da fé!




Você faz a Obra de Deus? É um ganhador de Almas? Então, tome cuidado para não se tornar mais uma jumenta da fé!













sábado, março 7
Postado por: Rubens Ennes

Obreiros em Foco: Emoção x Razão na vida sentimental



Recomendações importante para quem não quer errar na vida sentimental.














A Perigosa Sensação de Felicidade



Se esporadicamente, fazer o que sentimos vontade já nos traz problemas, e quem é que já não se viu em maus lençóis por causa do tentador “só mais cinco minutinhos” de sono; imagine que trágico será o resultado em nossa vida se vivermos dando ouvidos a maldita voz do nosso coração.

Certamente, você já conheceu alguém que ficou preso durante anos a um relacionamento doentio, sendo traído e agredido verbal e fisicamente e mesmo assim, tolerando tudo em nome dos “bons” momentos vividos juntos, momentos onde ela pode se sentir a pessoa “mais feliz desse mundo”. A pessoa pensa que assim como ela se sentiu tão bem quando lhe foi dada uma atenção a mais, então, a razão de sua infelicidade deve estar na ausência de atenção e carinho no relacionamento. É como se a felicidade dela dependesse do tanto de atenção que recebe do cônjuge.

Entretanto, ao seguir este raciocínio burro, a pessoa passa a fazer de tudo para receber mais atenção, mendiga amor e se sujeita a absurdos por alguém que nunca vai mudar, pelo simples fato de não ver nenhuma razão para isto, afinal, mesmo pisando e humilhando, ainda tem alguém rastejando aos seus pés. A necessidade de se sentir especial leva a pessoa a fazer loucuras, vivendo como se compensasse tudo o que suporta, mesmo que sejam por míseros momentos alegres ou românticos proporcionados de vez em quando.

A pessoa se recusa a pensar que no tempo que gastou dando murros em ponta de faca, perdia inúmeras oportunidades de ter um futuro diferente, inclusive, de ter conhecido uma pessoa que iria respeitá-la e amá-la verdadeiramente. Muitas pessoas permanecem sofrendo por estarem decidas a nem pensar nas consequências de suas escolhas para evitar o trabalho de ter que renunciar aquilo que estão sentindo ou aquilo que tanto gostam. O conceito mundano de felicidade é assim, considera e valoriza apenas o que está se sentindo no momento, mas, não se importa nenhum pouco como tudo irá terminar.

“Os néscios são mortos por seu desvio, e aos loucos a sua impressão de bem-estar os leva à perdição. Mas o que me der ouvidos habitará seguro, tranqüilo e sem temor do mal.” (Provérbios 1.32-33)


Ao confundir sensações ilusórias com a verdadeira felicidade, a pessoa está se jogando de cabeça em um abismo profundo, dependendo cada vez mais de coisas ou pessoas que até produzem, mesmo que momentaneamente, sensações de prazer, alegria e satisfação, mas, que não são saudáveis e nem contribuem para que se alcance a real felicidade. Somente quando damos ouvidos a Palavra de Deus, sem considerar o que sentimos, evitamos decepções e caminhamos de mãos dadas com a felicidade, apesar das dificuldades que surgirão em nosso caminho. 

Pr. Rubens Ennes 














sexta-feira, março 6
Postado por: Rubens Ennes

Sansão poderia ter feito mais | Parte 1


Sansão tinha potencial para entrar nos livros de história como o mais poderoso e glorioso juiz de Israel. Seu nome poderia estar à altura de Davi e Samuel, dois grandes exemplos de homens de Deus. Porém, ele não dominou as suas próprias paixões, sua própria luxúria.

E por isto, lá estava ele, cego, amarrado e girando um moinho de um lado para outro, e com muito tempo para pensar. Imagino que Sansão refletia muito enquanto empurrava aquele moinho. Deveria pensar: “que tolo fui, se eu apenas... Se eu apenas...”, eu creio que as lembranças do passado o torturavam. Aquele que tinha sido tão poderoso, agora estava amarrado com cadeias de bronze e com uma espécie de guia, porque ele não sabia onde se dirigia. Ele foi levado ao fundo do poço, e muitas vezes, Deus leva as pessoas ao fundo do poço para que elas olhem para cima.
  
No entanto, o cabelo dele começou a crescer novamente, e eu acredito que quando começou a crescer o seu cabelo, ele sentiu no seu coração: “Deus eu vou recuperar minha força de novo, vou renovar o meu voto e ser como antes.” Devia pensar: “meu Deus o que o Senhor pode fazer comigo agora? Senhor, o que eu tenho eu lhe ofereço, o que sobrou de mim eu te darei por completo. 
                                             

Continua...

Pr. José Ferro








segunda-feira, março 2
Postado por: Rubens Ennes

Aprenda a combater os maus pensamentos


Parte 1

Parte 2


Nestes vídeos, o bispo Domingos e sua esposa Núbia Siqueira, ensinam o que fazer para vencer os maus pensamentos.





quinta-feira, fevereiro 26
Postado por: Rubens Ennes

5 Dicas para quem está solteiro | The Love School



Neste vídeo, o bispo Renato e sua esposa Cristiane Cardoso, contam o que fariam hoje se fossem solteiros.










terça-feira, fevereiro 17
Postado por: Rubens Ennes

Andressa Urach no Domingo Espetacular - Matéria Completa



Nesta entrevista exclusiva concedida ao programa Domingo Espetacular da Rede Record, a modelo e apresentadora Andressa Urach conta a experiência que teve ao estar entre a vida e morte, e também fala sobre a sua conversão ao Senhor Jesus na Universal.

Assista AQUI, o testemunho completo de Andressa no Templo de Salomão.











segunda-feira, fevereiro 16
Postado por: Rubens Ennes

Cuidado com ela!




Cuidado com a religião, ela pode anular qualquer potencial positivo que o homem possa ter.

A religiosidade induz o homem entrar no piloto automático de sua vida, impedindo que o mesmo tenha experiências pessoais com Deus e o fazendo seguir mecanicamente tradições e costumes que na maioria das vezes, visam apenas formar pessoas dependentes do sistema religioso, mas que não trazem resultados práticos.

Muitos não têm coragem para questionar se a fé que professaram a vida inteira condiz com as Escrituras ou não, pois, acham que estariam sendo maus ou rebeldes se assim fizessem e por isto, preferem acreditar que basta ter fé naquilo e está tudo bem e uma hora tudo vai dar certo. Só que não! Já vimos muita gente quebrar a cara com a velha história do “essa é a minha fé” ou “Eu creio em Deus do meu jeito”.

A fé é sim, uma revelação individual a cada ser humano, mas só irá funcionar se ela for bíblica, se esta fé estiver fundamentada na Palavra de Deus. Não importa o meu ponto de vista por mais lógico que possa ser, nem o que as outras pessoas acham ou mesmo o que a religião tem ensinado, mas, o que a Bíblia diz a respeito.

"Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva." (João 7.38)


A rotina religiosa costuma mascarar a realidade. Apesar de trazer uma momentânea descarga de consciência, a religiosidade não tem o poder de nos inocentar diante de Deus. O pior de tudo é que além de não garantir uma mudança de vida, também não garante a salvação da alma.

Pr. Rubens Ennes










domingo, fevereiro 15
Postado por: Rubens Ennes

O que nunca deve ser dito um ao outro



Você pode construir ou destruir o seu relacionamento com seus próprios lábios,
aprenda o que falar e o que nunca falar para um homem ou para uma mulher.







sexta-feira, fevereiro 13
Postado por: Rubens Ennes

7 Dicas para melhorar a vida íntima do casal




Um relacionamento feliz não é obra do acaso, é preciso disposição para construir o bom relacionamento. Neste vídeo, a Escola do Amor dá dicas importantes para melhorar a vida íntima do casal.








A misericórdia do Todo Poderoso


Muitas vezes nós não andamos nos caminhos de Deus porque não acreditamos que Ele pode perdoar os nossos pecados, queremos chegar diante de Deus, já prontos, limpos e sem máculas. Ele não quer isso, pois está disposto a receber-nos tal como somos, cheios de pecados, e é Ele quem vai nos limpar, e sempre está disposto a perdoar-nos. 

Quando uma pessoa pede um empréstimo em um banco ou adquire um crédito para comprar um bem em alguma loja, e por alguma razão não conseguiu pagar as últimas prestações, o cliente se torna um devedor, os juros se acumulam, a dívida cresce e o nome da pessoa fica sujo, é aqui que os problemas começam. O banco pressiona para que a dívida seja paga ou que pelo menos as prestações estejam em dia, isso faz a vida do devedor um inferno, pois em muitos casos, em vez de procurar o banco ou a loja para poder negociar a dívida, ele decide se esconder, não atende as chamadas telefônicas ou os avisos de cobranças, tornando-se algo vergonhoso, que traz prejuízos não só na área financeira, mas também na vida pessoal, familiar e espiritual. E a situação só irá piorar se a pessoa que enfrenta esse tipo de problema ao invés de buscar uma solução, vai continuando com a mesma vida desordenada, querendo manter as aparências perante as demais pessoas. 

Quantas pessoas estão assim dentro e fora da igreja, são pessoas que pecaram, mas que em vez de aproximarem-se de Deus para buscar o perdão, elas mesmas se condenam, vivendo escondidas e deprimidas de um lado para outro. A verdade é que vivemos hoje, dias maus e difíceis, mas mesmo assim, existe um Deus Todo Poderoso que espera que seus filhos se aproximem a Ele para buscar o seu perdão, ninguém nesta vida é livre de pecado, por natureza somos pecadores, porém, pelo seu sangue somos perdoados e purificados.

Veja o que a Bíblia diz: “Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlate, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã” (Isaías 1.18). Arrazoemos, é um convite aberto para um judicioso ajustamento de contas, perante a justiça de Deus; ninguém seria impune, porém, o próprio Deus que se oferece a nos revestir de brancura e santidade, ao invés da cor do carmesim que representa nossa vida de pecado. 


Somente buscando a Deus é que encontramos a paz, submeter-se à Sua vontade e ordenar completamente a nossa vida, deixar de pensar em todas coisas ruins que fizemos, e concentrar-nos no caminho que temos pela frente. Por isso, não espere mais para entrar na presença de Deus, e não importa o que você fez, ou deixou de fazer, Ele está pronto para dar-lhe uma nova chance e, claro, uma nova vida. 

Pr. José Ferro










terça-feira, fevereiro 10
Postado por: Rubens Ennes

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Vale o clique!

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu