O Coração Enganoso e a Mente Sábia | Bp. Randal Brito


















quarta-feira, novembro 19
Postado por: Rubens Ennes

10 Testemunhos da Fogueira Santa no Monte Carmelo (Dez/2014)





O Sentido Único preparou uma playlist com 10 testemunhos de pessoas que tomaram uma decisão que mudou a história de suas vidas.

Você pode assistir aqui no blog através do player acima ou diretamente no YouTube clicando AQUI









terça-feira, novembro 18
Postado por: Rubens Ennes

Buscando a Deus em Oração


“Depois disto, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns dos meunitas, vieram à peleja contra Josafá. Então, vieram alguns que avisaram a Josafá, dizendo: Grande multidão vem contra ti dalém do mar e da Síria; eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então, Josafá teve medo e se pôs a buscar ao SENHOR; e apregoou jejum em todo o Judá.” (2 Crônicas 20.1-3)

Durante o reinado de Josafá, um grande exército se reuniu para atacar a nação de Judá. A resposta do rei àquela situação nos dá um exemplo de como devemos atuar quando enfrentarmos as nossas próprias lutas. A Bíblia diz que o rei “se pôs a buscar ao Senhor” em oração.  Do mesmo modo, quando passamos pelas dificuldades, nossa melhor resposta é clamar ao nosso Senhor. Como servos de Deus, podemos ter certeza de que Ele nos ama e se preocupa com cada detalhe da nossa vida.

Através da Cruz, Deus estabeleceu uma nova aliança com aqueles que depositam sua fé no Senhor Jesus. Ele concordou em perdoar os nossos pecados, nos aceitou como seus filhos e vela por nós. Esta salvação não depende de nossas boas obras, porém, do trabalho perfeito de Jesus que morreu em nosso lugar.

Deus também enviou o seu Espírito para viver em nós como garantia da nossa salvação e estar sempre presente em nós. Ele está interessado em cada aspecto de nossas vidas e promete ouvir e atender nossas orações. Josafá estava preparado para aquele momento difícil, porque ele tinha desenvolvido o hábito de buscar a Deus em diferentes situações.

Se queremos estar preparados para o inesperado, então devemos disciplinar a nós mesmos para buscarmos ter um compromisso com Deus todos os dias, reconhecendo que Ele é o nosso Senhor e que dependemos d'Ele. Se começarmos o dia pensando em Deus ao invés de pensar nos nossos problemas, devemos ler e meditar na palavra de Deus, se atuamos dessa maneira vamos mostrar um coração que verdadeiramente O busca.

Pr. José Ferro







segunda-feira, novembro 17
Postado por: Rubens Ennes

Há respostas que só vem com o tempo | Bp.Romualdo




Testemunho pessoal do Bispo Romualdo no Templo de Salomão.










sábado, novembro 15
Postado por: Rubens Ennes

Não foi só um tropeço - Parte 2


Os tropeços fazem parte da nossa caminhada na fé. Podemos até tentar, mas, não conseguiremos acertar o tempo inteiro. O problema é que todo tropeço vem acompanhado de consequências negativas e algumas delas podem ser mais graves do que se imagina. Porém, dificilmente alguém irá atribuir a palavra “tropeço” à um acontecimento terrível. Tanto, que ao cometermos algum erro, a justificativa diante dos outros e diante da nossa própria consciência, parece estar sempre na ponta da língua: “Errar é humano, isto foi só um tropeço...”

Mas, a verdade é outra. Quando fazemos isto, estamos tentando aliviar as coisas pro nosso lado, justificando o injustificável. Como o advogado de defesa de um assassino que sabe que jamais conseguirá inocentar seu cliente, e por isto mesmo, tenta encontrar alguma razão ou justificativa para aquele crime, afim de conseguir pelo menos, uma pena mais branda. Só que não tem jeito, o fato é que seu cliente é culpado e ponto!

É muito comum as pessoas buscarem uma palavra mais amena para seus pecados. A magoada está um pouco “sentida” ou “chocada” com quem a destratou. O mentiroso apenas falou uma meia verdade que não prejudicou ninguém. A fofoqueira fez uns comentários sem maldade nenhuma. O adúltero flertou e trocou algumas palavras mais quentes com aquela mulher, mas não aconteceu nada demais... E assim vai.

O problema é que esta fuga da realidade não resolve nada e só demonstra que a pessoa nunca se arrependeu do que fez. Quando nos arrependemos, passamos a ter nojo daquilo que fizemos e não ficamos tentando tapar o sol com a peneira. Mas, sem arrependimento sincero, o homem não é perdoado e irá carregar uma “mancha” que vai fazê-lo ficar neste mundo se o Senhor Jesus voltar arrebatando Sua Igreja ou ser condenado ao inferno se morrer nesta condição.

O primeiro passo para a mudança de vida é ser sincero consigo mesmo, não mais tentando se convencer de que talvez, não somos tão ruins ou pecadores assim, só porque existe tanta gente que é capaz de fazer coisas muito piores do que nós. Por outro lado, a nossa queda começa no momento que deixamos de admitir a gravidade dos nossos pecados.

"Portanto, se a tua mão ou o teu pé te faz tropeçar, corta-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida manco ou aleijado do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno. Se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida com um só dos teus olhos do que, tendo dois, seres lançado no inferno de fogo." (Mateus 18.8-9)

Ninguém irá entrar vida eterna maneta ou caolho, os salvos receberão um novo corpo, um corpo glorificado. O Senhor Jesus usou de forte linguagem figurada para nos mostrar a seriedade do assunto e que é necessário radicalizar sim, tomando medidas extremas em relação aos tropeços.

Eu me lembro de um rapaz evangélico que toda vez que saía com sua namorada “tropeçava” no abrasamento e voltava pra casa triste e com a consciência pesada. Apesar de jamais terem se relacionado sexualmente, estava na cara que se nenhuma providência fosse tomada, é o que iria acontecer. Foi quando ele decidiu fazer um acordo com sua namorada criando regras para os próximos encontros. Além de se encontrarem apenas durante o dia em lugares de grande movimentação, também, os abraços não deveriam ser tão apertados e os beijos não poderiam ser demorados. Parece radical demais? Pode até ser, mas, foi o que resolveu o problema de alguém que escolheu blindar o que considerava mais importante, a Salvação.

Eu não sei o que pode estar atrasando sua vida e te separando de Deus, mas seja o que for, não trate isto como algo corriqueiro. Pois, só o fato de nos deixar longe da presença de Deus e consequentemente, nos tornar presas fáceis nas garras do diabo, já temos motivo de sobra para considerarmos isto como algo muito grave.

Pr. Rubens Ennes






*Confira também a primeira parte desta mensagem: Parte 1





sexta-feira, novembro 14
Postado por: Rubens Ennes

Até onde vai a sua razão?



   "O Reino do Céu é como um tesouro escondido num  campo, que certo homem acha e esconde do novo. Fica tão feliz, que vende tudo o que tem, e depois volta e compra o campo". (Mateus 13:44)

Quando achamos esse bom tesouro que é o Reino de Deus em nós queremos guardá-lo a sete chaves, e nunca perder. Nada é mais importante,  nada tem mais valor além dessa preciosidade que encontramos.  Daí renunciamos e abrimos mão de tudo para possui-lo, porque vale a pena pagar o preço que for, aliás não tem preço.  Mas o mais difícil vem depois, para manter escondido esse tesouro, e manter o foco.  É quando vem as lutas,  perseguições,  dúvidas,  medos,  a própria vontade,  as calúnias,  o desânimo e as razões. 

Acredito que essa última tem sido a arma  mais usada pelo mal para atingir a fé dos cristãos, pois ele sabe o que mexe com o ser humano e o que o faz distanciar do seu criador. Quando damos ouvidos e agimos em função de nossas razões, muitas das vezes colocamos a nossa vontade na frente de Deus,  e isso faz parecer que estamos certos, justos e coerentes. E é assim temos visto a queda de muitos. Temos que tomar muito cuidado com isso, é algo que mexe direto com o nosso ego, e não foi esse o princípio da queda de satanás?  Ele seguiu as suas razões e pensamentos de orgulho. Penso que hoje seria como esses tipos de pensamentos, "enquanto estiver dentro das minhas razões eu vou até o fim", "não preciso passar por isso", "estou perdendo meu tempo indo à igreja", "os meus familiares que não são convertidos estão melhor que eu", "lá no mundo eu vencia e agora e agora sou um fracassado,  o que será do meu futuro", e por aí vai.  O mais engraçado é que essas mesmas pessoas que hoje apresentam essas razões no começo de sua fé nem cogitavam esse pensamento, e se alguém lhe sugerisse algo parecido ela repreendia na hora, e por que hoje é diferente? As coisas mudaram ou foi ela que mudou?

A palavra de Deus não  volta atrás,  não envelhece,  pelo contrário,  se renova a cada dia. Vamos ficar atentos e sempre que vier uma razão, um pensamento temos que analisar e ver se eles agradam a Deus e para onde vão me levar. Procure manter o tesouro escondido, não deixe que nada nem ninguém roube-o de ti, não serão as amizades, as razões, as dúvidas, o tempo, preocupações,  NADA pode tirá-lo de dentro de você se realmente você quiser mantê-lo guardado e bem protegido.

Se ainda assim você acha as suas razões  boas, então apresente elas a Deus, com humildade, pois Ele é o único que pode fazer alguma coisa por ti, Ele mesmo pede isso. 
"Procura lembrar-me; entremos juntos em juízo; apresenta as tuas razões, para que te possas justificar!" (Isaías 43:26)

Blinde a sua fé todos os dias e se afaste de tudo que for nocivo a ela, não permita perder o seu foco do início,  você é precioso para o reino de Deus, guarde-o bem seguro e multiplique os talentos que recebeu. Muitos não querem perder a razão e por isso estão perdendo os amigos, a família, o trabalho, tudo que possuem.

Todos os dias Deus nos tem dado muitas razões para sermos felizes e se alegrar, mas se você acha que não tem mais razão para viver, busque esse tesouro escondido e assim achará a verdadeira razão de viver. :)

Beatriz Lima










quarta-feira, novembro 12
Postado por: Beatriz Lima

Pequenas Atitudes, Grandes Resultados



As pequenas coisas que Deus manda fazer, são pequenos passos ou degraus que nos levam a coisas maiores na vida e claro, na obra de Deus. Quando Pedro aceitou o convite de Jesus, ele deixou de ser um pescador de peixes para ser um pescador de homens.

Uma noite não muito produtiva de trabalho tinha deixado Pedro exausto. Mas ainda assim ele permitiu que o Senhor Jesus usasse o seu barco para pregar para a multidão. Quando o Senhor Jesus tinha acabado de falar, pediu ao veterano pescador para que levasse o barco para aguas mais profundas. Pedro sabia que aquela noite não havia sido boa para pescar, porém, resolveu obedecer, e foi a abençoado não apenas com um, mas com dois barcos cheios de peixes.

Muitas bênçãos de Deus vêm como resultado de obedecer a pedidos que parecem ilógicos ou insignificantes. Embora nós preferimos que nos peçam para fazer coisas grandes para impressionar as pessoas, obedecer em coisas pequenas é uma grande conquista, já que não vamos aparecer para ninguém. Se desobedecemos o chamado de Deus para fazer algo pequeno, porque Ele nos confiaria grandes responsabilidades em nossas mãos?

Se Pedro tivesse recusado a emprestar o seu barco para Jesus, algo aparentemente insignificante, ou voltar a pescar, teria perdido a bênção de ter uma grande pesca e talvez, também a oportunidade de ser um discípulo de Jesus.

Ao andar com o Senhor Jesus durante três anos, Pedro foi testemunha de milagres mais extraordinários do que aquela grande pesca: um homem cego recobrou a vista, Lázaro foi ressuscitado, em uma outra ocasião, Pedro atendendo ao chamado de Jesus caminhou sobre as aguas, quer dizer, tudo isso foi resultado de aceitar o chamado do Senhor Jesus sempre que Ele pedia para fazer algo aparentemente insignificante. 

Pr. José Ferro











segunda-feira, novembro 10
Postado por: Rubens Ennes

Não foi só um tropeço - Parte 1


Antes de conhecer a Verdade, eu lembro que para mim, as igrejas evangélicas eram todas iguais. Assembleia de Deus, Deus é Amor ou Universal eram tudo a mesma coisa: religião evangélica, igreja dos crentes. Ainda hoje, existe muita gente que tem o mesmo pensamento ignorante que eu tinha e por isto, generalizam qualquer escândalo que aconteça no meio evangélico atribuindo a todos os “crentes” ou a toda uma denominação. Como se o comportamento de um ou de alguns pudesse definir o de todos os demais.

Costumamos afirmar que a cada dia que passa o mundo está mais incrédulo e mais duro de coração, mas, os principais responsáveis por isto estão dentro das próprias igrejas. Isso mesmo, são os próprios crentes/cristãos que longe da igreja (e às vezes, dentro dela) se revelam mais desonestos, injustos, fofoqueiros, rancorosos, desiquilibrados que qualquer incrédulo.

Como aquela pessoa que não dorme a noite, sofre com síndrome do pânico ou que tem incessantes pensamentos suicidas vai querer entrar nas portas de uma igreja evangélica se a referência que ela tem são pessoas que apesar de gostarem tanto de falar do amor de Deus não dão ouvidos nem aquilo que elas mesmas pregam?

Agora, preste atenção no tom de revolta e indignação das palavras do Senhor Jesus quando fala daqueles que põe todo Seu maravilhoso trabalho a perder:
 "Qualquer, porém, que fizer tropeçar a um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar. Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual vem o escândalo!" (Mateus 18.6-7)

A palavra escândalo, do grego “skándalo”, significa algo que surpreende como se fosse uma armadilha, e que pode nos fazer tropeçar. Estes pequeninos que o Senhor Jesus se refere, são pessoas que apesar de crerem n’Ele, ainda não possuem maturidade espiritual para lidar com situações mais difíceis como o mau caráter de alguém que deveria ser exemplo e diante dos escândalos tropeçam, desanimam e desistem de seguir os passos do Senhor Jesus.

Amigo(a), sobre cada um de nós, que se diz cristão pesa a responsabilidade de ser a referência de Cristo neste mundo. Podemos nos tornar uma propaganda positiva, um motivo a mais para as pessoas se aproximarem de Deus, ou podemos permitir que o maligno nos use para criar uma armadilha, uma pedra de tropeço na vida de pessoas que hoje vivem amarguradas nas garras do diabo.

Pr. Rubens Ennes













quinta-feira, novembro 6
Postado por: Rubens Ennes

O que é mais fácil guardar?





O que é mais fácil guardar: A cruz ou sua mensagem? | Pr. Irineu










terça-feira, novembro 4
Postado por: Rubens Ennes

Fomos libertos para libertar




Por muito tempo, vivemos longe do Criador e presos aos nossos medos, paixões, vícios e pertubações no cativeiro do pecado.

Um dia, uma chance nos foi dada e recebemos no Evangelho, a direção certa que poderia mudar a história de nossa vida. Mas, seria necessário verdadeiramente querer mudar, o que implicaria em uma total submissão àquela nova direção.

"Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão." (Gálatas 5.1)

Enquanto seguirmos com firmeza as instruções Divinas, a obra de Deus em nossa vida prosseguirá. O que muitos ainda não perceberam é que esta Obra não termina com a nossa libertação, pelo contrário, uma vez livres, temos o desafio de não retroceder e a missão de levar a libertação aos que vivem hoje, a mesma condição sofrida que vivíamos. 

Não é justo quem conhece o outro lado da moeda e foi ajudado, não ajudar. Não podemos ser egoístas e ingratos, fomos libertos para libertar. (Tiago 4.17)

Pr. Rubens Ennes













segunda-feira, novembro 3
Postado por: Rubens Ennes

O que fazer nos momentos de aflição?


“Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”.  (João 16.33)

Como você pode se aproximar do Senhor Jesus em sua atual situação, que é superior a todos os seus temores, aflições e problemas insolúveis? Simples, falando com Ele sobre tudo o que você vem passando! Você vai ver que Ele é superior a qualquer problema a medida que você vai contando tudo para Ele. Eu sei que não posso resolver todos meus problemas sozinho, porém, posso contar com Ele. Então, eu tenho que dizer tudo da maneira mais simples, como uma criança conta as suas coisas para o seu pai, Ele toma os seus problemas e ai começa um processo de mudança, dando- lhe de sua alegria, paz e tranquilidade. 

Você está em perigo? Então diga para o Senhor Jesus, converse com Ele, faça o mesmo que fizeram os discípulos, que estavam com o seu barco no mar, e o Senhor Jesus estava dormindo pelo cansaço. De repente começou um temporal, e ondas fortes batiam contra o barco. Os discípulos já não podiam dominá-lo e perderam a esperança e eles foram até Jesus. Foi ali que Ele mostrou que é mais poderoso do que a tempestade mais assustadora.

 “E levantando-se, repreendeu os ventos e o mar; e fez-se grande bonança”. Por isso, vá até Jesus e fale com Ele sobre todas as dificuldades que existem em sua vida, e ao seu redor. Desta forma, as ondas que te golpeiam, vão sossegar e o furacão que ruge dentro de você vai cessar, deixando tudo em completa calma. 

Nosso Senhor tem o controle de tudo, no entanto, há momentos que parece estar descansando (ou em silêncio), porém, está bem atento ao seu clamor. Só depende de você. 

Pr. José Ferro















Amizade entre homem e mulher | Bp. Guaracy Santos






Nesta mensagem de apenas 5 minutos, o bispo Guaracy Santo conta o que pensa sobre a amizade com pessoas do sexo oposto.

Abaixo, deixe a sua opinião sobre o assunto.




quinta-feira, outubro 30
Postado por: Rubens Ennes

Marido avarento, o que fazer?



As questões financeiras estão entre as principais causas de crises em relacionamentos amorosos. O bispo Renato Cardoso e sua esposa Cristiane, responderam a uma amiga que está frustrada e sem saber o que fazer, pois, seu marido só gasta dinheiro com ele e quando ela pede, ele sempre diz que não tem. 





quarta-feira, outubro 29
Postado por: Rubens Ennes

As Pequenas Coisas



"Little Things" - One Time Blind  


Como podemos esperar coisas grandes se não conseguimos nem mesmo ver Deus nas pequenas coisas?

Dica: Para ativar as legendas em português é só clicar no ícone "Legendas/CC" que aparecerá ao dar o play.








terça-feira, outubro 28
Postado por: Rubens Ennes

O homem que dominará o mundo (Parte 3)


Confira os artigos anteriores: Parte 1Parte 2

Quando o primeiro selo for aberto, o anticristo vai aparecer montado num cavalo branco e carregando um arco, mas sem flechas, ele virá como um vitorioso e para derrotar, porém, sua conquista será sem sangue, não haverá nenhuma guerra, combate ou resistência. No meio do caos e do desespero, esses reis e governantes da terra o abraçarão como redentor da humanidade, ele vai aparecer em nome da paz. Eles dirão: este é o homem que pode tirar- nos dessa situação; este é o homem que tem as respostas para todas as perguntas; este é o homem que vai trazer paz e prosperidade para a humanidade. Todos devem louvá-lo. Isso vai atrair as pessoas e o seu espanto vai se transformar em adoração.

Este vai ser o grande e último soberano da terra. O anticristo virá ao poder como o grande homem da paz. Não sei como você o imagina, mas a maioria das pessoas, provavelmente, pense num fanático, louco e diabólico, todas essas ideias estão corretas, porém, não representa o que ele será quando o mundo tenha as primeiras impressões dele. No início de sua carreira, ele vai chamar a atenção como aquele que luta pela paz mundial, como um solucionador de problemas bem sucedido a nível mundial, será um excelente diplomático. Nos dias caóticos, incertos e problemáticos que reinarão no tempo da tribulação, o mundo anseia por um grande líder, as pessoas buscarão desesperadamente um homem poderoso e influente, que una os países de todo o mundo; alguém que traga esperança em meio do desespero, alguém que lhes dê una sensação de segurança, em um tempo cheio de preocupações e medo. 


As pessoas hoje já procuram desesperadamente esse líder confiável, poderoso e carismático, que tire o mundo do fundo do abismo. Esse desejo um dia será cumprido. O poderoso líder que o povo sonha, virá e o mundo será unido sob o seu governo. No início, ele parece ser aquilo que as pessoas estavam buscando. E por um curto período de tempo vai trazer paz e bem-estar, porém, ele vai ser e vai fazer muito mais do que o mundo espera. Ele vai ser o ditador mais cruel e mais poderoso que qualquer outro líder que o mundo tenha tido até então, o que Alexandre Magno e os Imperadores romanos da antiguidade, Hitler e Stalin na idade moderna sonharam, o anticristo vai conseguir, dominará o mundo inteiro e será adorado como um deus. O cenário mundial já está pronto para a sua chegada. Todos os sinais indicam que ele vai aparecer em tal cenário, num futuro não muito distante. 

Pr. José Ferro











segunda-feira, outubro 27
Postado por: Rubens Ennes

Receba as novidades do Blog em seu e-mail

Mantenha-se informado e atualizado

+ Recentes

Arquivos do blog

Sentido Único ©Copyright - Todos os direitos Reservados.. Tecnologia do Blogger.

Vale o clique!

Copyright © Sentido Único | Seguindo Sempre na Direção do Céu